Páginas

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Para um 2009 diferente...

Olá Pessoas!!! Que o próximo ano seja repleto de votos diários e vivencias práticas de muita cooperação, aprendizagem, auto-observação, paz, felicidade e amor. Para que no final dele não precisemos estar novamente desejando as mesmas coisas de todos os outros anos e sim aproveitando os resultados práticos disso. Façamos diferente para não ser o de sempre. Para variar... mais uma mensagem audio visual... só tem 1 minutinho... Muita paz, luz, vivências e harmonia! Orlando
video

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Mostra de Vídeo Dança


Sexta, dia 12 passado no I.R.A.Q,
aconteceu → Mostra de Vídeo Dança ”Se não... dança”.
Composta por trabalhos realizados em exercícios
propostos na oficina de mesmo nome,
que foi facilitada por Aracelly Firmino e Irma Brown,
em novembro de 2008 no
Centro de Formação em Artes Visuais do Recife – CEFAV.
A troca foi muito boa e os participantes eram em sua maioria
das áreas de Vídeo e Dança.
Participei de vários experimentos e desejo destacar alguns:

Ocaso – Quando a sombra define a luz
Dani Azevedo –Fotografia e Câmera
Orlando Nascimento - Performance, Música e Edição
- Vídeo selecionado para o II Festival Internacional de
Vídeo Dança do Recife – PLAY REC 2008 -




Da Boa Vista

Dani Azevedo – Fotografia e Câmera
Priscilla Figueiroa – Performance
Orlando Nascimento – Performance , Música e Edição


Sobre o encontro
Dani Azevedo – Fotografia e Câmera
Priscilla Figueiroa – Performance
Orlando Nascimento – Performance , Música e Edição

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Premiere do Video Dança "Ocaso"


Neste domingo 07 de dezembro, estará
acontecendo a Premiere do Vídeo Dança "Ocaso".
Trabalho realizado por Dani Azevedo (Fotografia e Camera) e
Orlando Nascimento
(Performance, Música e Edição) a partir de exercício proposto na oficina de video dança ("Se não ... dança" facilitada por Irma Brown e Aracelly Firmino - CEFAV-)
A projeção estará dentro da programação do II Festival Internacional de Vídeo Dança do Recife-PLAY REC 2008, de 05 a 07 dezembro.
www.playrec2008.com.br

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Barzar _ Dias 27, 28 e 29 de novembro! Apareçam!


Queridos amigos,Amadas amigas!!!


Eu e meus amigos estamos preparando coleções especias para vocês (se auto)presentearem!Móbiles, quadros, caderninhos, bijus, publicações, sandálias, toys, camisetas, cosméticos fitoterápicos...

Eu e Cris vamos oferecer oficinas à tarde. E um botequinho vip com cervejinhas e comidinhas. ; ) Apareçam!
CélulaMATER Rua da Glória 310 - Boa Vista - Recife27 a 29 de novembro
tardes, ocasos e bocas-de-noites.
Muitos beijinhos bem dobradinhos em estrelinhas,
Eva
[81] 9421.4662

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

gUiMohallem em NYC com PinholeDigital. Abaixo mostra realizada no CélulaMATER2007

PARABÉNS QUERIDÃO! Mandou ver!
Que toda a loucura seja bem vivida!:)

Abração,
Ghuga
As fotos acima são da exposição "Ensaio Para a Loucura"
realizada na inauguração da primeira Sede CélulaMATER em
Olinda, novembro 2007.



gUi mohallem mistura antigo e moderno para retratar a loucura

Ensaio para a loucura de gUi mohallem de 02 a 31 de outubro coquetel de abertura: 2 de outubro, das 17h às 21h Rabbithole Studio, Dumbo, Nova York. Combinando a técnica mais rudimentar de fotografia, o pinhole, com a tecnologia mais moderna, a digital, o brasileiro gUi mohallem, de 29 anos, associa relatos biográficos dos fotografados a imagens perturbadoras para discutir os limites da razão.

O pinhole digital consiste em trocar a lente de uma câmera por uma tampa com um furo, permitindo que a imagem se forme dentro dela, assim como acontece nas tradicionais câmeras de lata. Só que, desta vez, a imagem é capturada pelo sensor digital. Na internet, é possível encontrar alguns tutoriais da técnica, inclusive no site do próprio artista (www.guimohallem.com).

"Assim como em outros episódios na história da fotografia, essa técnica foi inventada por muitas pessoas ao mesmo tempo em diversas partes do mundo. Porque fazia sentido naquele momento, como faz sentido agora", explica Mohallem.
Ao eliminar as lentes e ao mesmo tempo incorporar o discurso alheio sobre amor, sexo e morte, o artista propõe uma interação única entre o espectador e o fotografado.

O público é convidado a compartilhar dessas intimidades, gerando uma estranha sensação de proximidade.
"Quando o artista é novo, normalmente fazemos uma exposição coletiva, mas o trabalho do gUi é tão intenso que qualquer outra obra que a gente colocasse perto ia ser ofuscada.", diz Shawn Lyons, diretor da galeria. Essa é a primeira exposição individual de gUi, que acontece em Nova York. No Brasil, o fotógrafo já participou de algumas coletivas, com a do Premio Porto Seguro, em 2005 e do Slideluck Potshow, em fevereiro deste ano. O Dumbo (down under Manhattan bridge) é o novo distrito da fotografia em Nova York. Com algumas galerias dedicadas a artistas emergentes, área virou foco das atenções depois de ter sido escolhida como sede do New York Photo Festival em maio desse ano.

gUi mohallem é formado em cinema e video pela ECA/USP e se especializou em fotografia e cinematografia. Foi educador em institutos de formação profissional para jovens de periferia, quando começou a utilizar a técnica pinhole "como instrumento didático para ensinar os princípios da luz, da fotografia e, sobretudo, sobre a magia da descoberta por si mesmo." gUi mohallem é representado na América Latina pela Galeria de Babel (www.galeriadebabel.com.br), que também tem entre seus artistas Martin Parr, Thomas Hoepker, Elliott Erwitt e Dimitri Lee.

Para maiores informações e fotos de divulgação, entrar em contato pelo email info@guimohallem.com
e telefone 11 9209 7933

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

"Lu_WOW!" - 15 de Outubro de 2008



Glória à Direita
Glória à Esquerda
Evandro super curtindo rolar o som na Festa do K7! Quem começou a noite foi como Dj foi Cris, com suas fitas superíncriveis - todas com intervencão artísticas.







Bom, o primeiro Lu_WOW foi isso ai! Delícia, obrigado aos amigos que compareceram, chegaram por aqui umas vinte pessoas no total. Até os próximos!:)

"O Labirinto do Fauno" - CélulaMATER

"J'habite Ici" e Evinha Duarte
"_Libértula_Cor"
"Porta Retrato" Ghuga Távora, Marília Santos e Fernando Paulino, Cris da Hora - Quadrinhos e detalhe "StairWay to Wisdom". Ao fundo, "Vida"graffiti e folhas - por Narciso.

Stairway to Wisdom - Livrinhos e lupas penduradas na escada - Ghga Távora, "Dancing With Myself" - Instalação da escada - Mirthis Novaes e "Virgem" - Amelinha Couto.
Sala Expo Visita
Origraffiti - Dobrinhas texturizadas com técnica de Graffiti - Eva Duarte, Evil e Azul.

Graffiti - Jubert, Caju, Boony e Evil
Móbile Cris Da Hora em primeiro e terceiro plano, e Caos Vital de Cyane Pacheco em segundo plano.



Habito o labirinto do Fauno. O CélulaMATER é um lugar tanto encantador, quanto encantado. É só vir, ver e sentir.

Nosso desejo é oferecer às Pessoas deste, e outros lugares que por aqui passem, arte lúdica, libertária e expressas em mil e uma formas de "linguagens, técnicas e (i)materiais".


O CélulaMATER agora é Atelier, Galeria, Produtora e Residência - damos teto a artistas transeuntes, em prol da mobilização de intercâmbio.


Entrem em contato conosco, aqueles que têm boas idéias, cujo objetivo, é o Desenvolvimento Humano-Societal.


Aguardamos visitas dos amigos e as Pessoas que queiram visitar o nosso espaço, para vivenciar um tanto de arte.



Abração,

Ghuga Távora & Eva Duarte

Política Cultural & Artes - Visuais&Plásticas


A jornalista e pesquisadora Raíssa Cavalcanti esteve no CélulaMATER para bater um papo conosco sobre o tema Política Cultural e Artes - Visuais&Plásticas. Foi um encontro prazeroso, onde dialogamos sobre filosofia de atuação do Atelier CélulaMATER, enquanto produtores culturais. Como nós e nossos amigos artistas cooperativos, nos organizamos para desenvolver transformação social à partir de ações artístico-culturais.
Obrigado pela visita!
Eva Duarte e Ghuga Távora

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Novas Organelas CélulaMATER! Cris da Hora e Lú Coelho

Cris da Hora

Lú Coelho

O CélulaMATER expande seu poder de ação com a chegada de Cris da Hora e Lú Coelho. Cris da Hora é artista-residente e coordena a logística de funcionamento do Espaço. Lú Coelho atua como coordenadora de produção, atendimento e RP.

Sejam bem vindas!

Ghuga e Eva

terça-feira, 30 de setembro de 2008